Monologo Dama da Noite, de Caio Fernando Abreu, se apresenta nesta quinta-feira no Cabaret da Cecilia

by - maio 28, 2018

Com ingressos no sistema Pague Quanto Puder, monologo se mantem em cartaz ha sete anos.


Há sete anos em cartaz com o monologo Dama da Noite, uma adaptação do conto de Caio Fernando Abreu,  o ator e produtor cultural Luiz Fernando Almeida se mantem em cartaz de forma independente e fez a carreira do espetáculo pautada no sistema pague quanto puder.
Em cartaz as quintas-feiras, no novíssimo Cabaret da Cecília, em São Paulo, o monologo que completou um mês em cartaz no espaço, tem atraído um publico significativo e de qualidade que tem preferido a possibilidade de contribuir de forma voluntaria.


Desde a estréia, em 2011 na cidade de Santos, o ator percebeu que para  garantir um publico cativo e realizar temporadas  longas, seria importante democratizar o acesso. “Eu não sou famoso. As pessoas dizem ter medo de monólogos.  Então, eu quis de alguma forma, facilitar o acesso e  criar a consciência de quanto vale a cultura. Propondo a reflexão para as pessoas, é uma questão cultural, mas também política. Acabou que a carreira do espetáculo foi construída desta forma e para a minha surpresa, o retorno ate hoje tem sido ótimo, talvez ate melhor do que se eu estivesse cobrando um valor fixo pelo ingresso. Conta Luiz Fernando Almeida.
A montagem narra à vida de um ser humano que vê o mundo e não se sente inserido no mundo que vê.
Dirigido por André Leahun, o espetáculo revela as angústias de uma pessoa que não consegue se inserir no mundo em que vive. A personagem expurga todo o seu desprezo pela sociedade que a exclui.
Com clima intimista, a montagem é ambientada em um cenário que deve ser escolhido pela imaginação do espectador – pode ser uma balada, um bar, um clube ou qualquer outro lugar.


A montagem ganhou uma adaptação cinematográfica em 2014, dirigida por Dino Menezes. O curta-metragem já foi exibido em vários festivais nacionais.

O espetáculo esteve entre os finalistas do "Aplauso Brasil 2013", nas categorias de melhor ator, diretor e figurino e foi indicado a prêmios da comunidade LGBT na categoria Melhor Espetáculo Teatral LGBT pelos premio do Papo Mix e Guia Gay SP. Participou de eventos como: Corpo Subcorpo- SESC- SP, Festival Mix Brasil (SP, RJ, Acre), Sansex- Mostra da Diversidade Sexual de Santos, SIM- Semana da Diversidade Sexual de Araçatuba, Fringe- Festival de Teatro de Curitiba entre outros.

Para Roteiro

No palco, o ator Luiz Fernando Almeida encarna a personagem e as angústias de um ser humano que não se sente inserido no mundo que vê e vive. A direção é de André Leahun, com texto de Caio Fernando Abreu. 

Recomendação: 18 anos – Local: Cabaret da Cecilia  (Rua Fortunato 35) – Sessões: Todas as quintas-feiras, às 21h. Até 26 de julho. Ingresso: Sistema Pague quanto puder (o público decide o quanto vale a exibição). www.facebook.com/damadanoiteteatro

You May Also Like

0 comentários