Novo, substituído, recondicionado ou personalizado, como saber qual é o seu Iphone?

by - fevereiro 03, 2018


Quando você leva o seu iPhone para a assistência técnica oficial da Apple e eles precisam trocar o aparelho, surge sempre aquela dúvida na cabeça de todos: será que trocaram por um aparelho novo? Ou seria um recondicionado?

Felizmente a Apple é bastante transparente quanto a isso, e é possível verificar esta informação no próprio sistema.

Na assistência técnica, quando eles trocam o aparelho para você, ele normalmente ganha o status de aparelho de substituição. Ele deve funcionar como um aparelho novo recém tirado da caixa, valorizando-o caso você queira revendê-lo.

Já produtos recondicionados (ou remanufaturados) são aqueles que foram totalmente desmontados, limpados, bateria e peças defeituosas trocadas e tudo passou por um rígido controle de qualidade, para atestar que ele funciona como um iPhone recém fabricado. Ele inclusive tem a sua garantia zerada, valendo por um ano após a compra. No Brasil a Apple não disponibiliza a venda de produtos reconcidionados, mas em outros países o desconto fica em torno de 15% do preço de um novo.

Já produtos personalizados são aqueles em que o comprador pediu para gravar alguma mensagem na parte traseira, ou que possua algum detalhe personalizado na hora da compra. Isso acontecia muito com os iPods touch e os iPads, quando era oferecido o serviço de gravação à laser no alumínio.
Para saber se o seu iPhone (ou outro produto Apple) é novo ou possui outro tipo de classificação, basta ver seu código de modelo, nos Ajustes do sistema. Veja o passo a passo no iPhone:

Passo 1: Abra os Ajustes do sistema.

Passo 2: Abra o menu Geral.

Passo 3: Toque na opção Sobre.

Passo 4: Procure na tela o código do modelo do seu aparelho.

Passo 5: A informação que você precisa pegar é a primeira letra do código do modelo. É ela que dirá qual a categoria do aparelho que você tem em mãos.
  • M → Aparelho novo
  • N → Aparelho de substituição
  • F → Aparelho recondicionado
  • P → Aparelho personalizado
Portanto, olhando para a primeira letra do código do modelo (encontrado nos Ajustes), é possível saber a origem do seu aparelho.

Claro que tudo não passa de curiosidade, visto que se você compra um usado de alguém, ele obviamente não será mais um dispositivo novo (mesmo o modelo possuindo um M), e se você recebê-lo em troca em uma assistência, ele na teoria tem tudo para funcionar perfeitamente bem.
Portanto, não é algo que você tenha que se preocupar muito, mas informação extra é sempre bom.

Fonte: BDI

You May Also Like

0 comentários