Header Ads

#
Novidades
recent

IOS 11 - Mais Novidades



A Apple apresentou na WWDC como será o futuro iOS 11, previsto para ser lançado em setembro (ainda sem data oficial definida). E apesar do iPad ter sido o grande beneficiado, o iPhone também terá mudanças importantes. Nós já mexemos na versão de testes e podemos trazer para vocês algumas coisas que descobrimos.

Quem esperava algo revolucionário, se decepcionou, mas não pode dizer que não tínhamos avisado antes.  A evolução do iOS é algo característico nos últimos anos, e talvez demore um pouco para vermos mudanças realmente significantes. Mas o que talvez tenha magoado alguns é muitas das “novidades” de agora na verdade são funções solicitadas há anos, que a Apple insistiu em não liberar. É como se ela estivesse guardando para, no momento certo, dizer que trouxe coisa nova.
Mesmo assim, são todas bem-vindas e com certeza farão a diferença no dia a dia dos usuários.

→ Nova Central de Controle

O que mais chamou a atenção dos nossos leitores foi a controversa reformulação da Central de Controle. Controversa porque alguns a acharam horrível, outros gostaram dela.
Mas se você foi um dos que não gostou do visual, provavelmente vai ficar feliz que, finalmente, será possível editar a Central de Controle, colocando o que você quiser (dentro das opções disponíveis). Isso é feito nos Ajustes.
Perceba que tem o tão solicitado botão para desligar os dados celulares, o que facilitará bastante a vida de quem gerencia planos pré-pagos.

→ De volta as barrinhas

Falando em dados celulares, a representação do sinal de celular voltou a ser o que era antes do iOS 7. As bolinhas deram lugar às clássicas barrinhas.

→ De volta a calculadora

Outra coisa que voltou do passado foi o visual da Calculadora nativa do iPhone, que assim como o iOS 1 ficará com teclas redondas.

→ Gerenciador de Arquivos

O tal aplicativo Files (o qual falamos aqui) realmente se confirmou, com o nome em português do Brasil de Arquivos. Na verdade ele é uma remodelação do já conhecido iCloud Drive, que foi substituído. A função dele é servir como um centralizador de arquivos, em que diversos aplicativos poderão guardar informações nele e compartilhá-las entre si. Além da possibilidade de gravar arquivos localmente no aparelho, também será possível integrar outros serviços de nuvem, como Dropbox e Google Drive. Durante o beta, isso não poderá ser testado porque os aplicativos de terceiros necessitam ser atualizados para o iOS 11, coisa que só deve acontecer quando ele for liberado.

→ Leitor QR Code nativo

Sim! Depois de 10 anos, finalmente teremos um leitor de QR Code nativo no sistema. Basta abrir o aplicativo Câmera, apontar para um código e uma notificação já aparece. Se for uma página ou um código genérico, abrirá no Safari; se for um contato perguntará se quer adicionar à sua agenda; e se for um email, pergunta se quer abrir no Mail.

→ Nova voz da Siri

A Siri terá uma nova voz, mais natural, e a versão em português ganhará uma voz masculina também. No primeiro beta ainda não é possível escutá-las, mas elas poderão ser baixadas quando a Apple liberar.

→ Teclado no iPad

O iPad ganhou um teclado mais completo, inspirado naquele que já tinha sido liberado para o aplicativo Numbers.
O interessante é que ele agora possui atalhos que facilitam a digitação. Os caracteres em cinza podem ser acessados arrastando ligeiramente o dedo para baixo.

→ Multitarefa de verdade no iPad

O iPad finalmente ganhará uma multitarefa de respeito. Será possível abrir um ou mais aplicativos ao mesmo tempo na tela, e transferir arquivos, textos, links e imagens simplesmente arrastando e soltando, como vimos em um conceito anterior. Detalharemos em um outro artigo esta novidade, mas já adiantamos para vocês que está bem legal.

→ Novo dock de aplicativos no iPad

O dock inferior na tela de aplicativos do iPad lembra um pouco o dock do macOS. No lado direito os três últimos apps abertos ficam disponíveis para serem acessados. O dock no iPhone não muda.

→ Fim da linha para o 32 bits

O que antes era apenas um aviso, agora se concretizou: aplicativos que não possuam suporte a 64 bits não funcionarão mais no iOS 11. Por isso, se você tiver algum app que precisa mas que não foi atualizado recentemente, procure um substituto antes de instalar o iOS 11 no seu aparelho.

→ Tipo dark mode

O dark mode propriamente dito não chegou ainda no iOS 11, pelo menos não no primeiro beta. Mas a Acessibilidade ganhou uma nova função que chega perto do modo escuro desejado por tantos usuários. É no menu Inverter cores, que ganhou uma nova opção chamada Inversão Inteligente. Com ela, todas as cores são invertidas, menos as de imagens e apps que usam cores escuras. No primeiro beta a fução ainda é meio capenga, mas a esperança é que ela evolua até a versão final, para servir como dark mode.

→ Fim da integração nativa com redes sociais

A velha integração com Twitter, Facebook, Flickr e Vimeo (que possuíam até menu nos Ajustes) não existe mais no iOS 11. Aliás, com a implementação das extensões de aplicativos no iOS 9, isso realmente tinha perdido o sentido.

→ Gravação de tela

No iOS 11 é possível fazer gravações da tela do aparelho, algo que até então era necessário um computador (ou alguma solução do jailbreak).

→ Fotos da tela (screenshots)

A Apple pensou naqueles que tiram fotos da tela apenas para enviar para alguém, e depois acabam deixando o álbum de fotos lotado de imagens que não usarão mais. No iOS 11, toda vez que você for tirar uma screenshot, a imagem é guardada de canto e você pode escolher se quer editá-la e enviá-la diretamente para alguém, decidindo se quer ou não guardar no álbum de fotos.

→ Compactação das fotos

O aplicativo Câmera agora poderá fazer fotos e vídeos com uma compactação de imagem diferente, que pode economizar até 50% do espaço de armazenamento. É o formato HEIF (para fotos) e HEVC (para vídeos). Mas o usuário pode decidir que quer ou não continuar usando o formato antigo JPEG/H.264.

→ Novas opções nas Notas

O aplicativo nativo Notas recebe algumas funcionalidades a mais, como permitir assinaturas em documentos e outras funcionalidades de marcador que antes estavam disponíveis nas fotos.
E não é só isso: nas Notas é possível escanear documentos, adicionar tabelas e mudar o estile de texto.

→ Nova App Store

A App Store foi toda reformulada, com uma pegada mais próxima do Apple Music. Falaremos disso em um artigo especial.

→ Compartilhar senha do Wi-Fi

Qual é a senha do Wi-Fi” é uma frase que virou até meme na internet. No iOS 11 você não precisará mais perguntar isso se tiver algum outro iPhone, iPad ou Mac próximos que já estejam conectados à rede. Basta chegar perto e a outra pessoa recebe um aviso para que envie a senha para você, caso deseje. Assim, a senha permanece secreta e você pode usar livremente o Wi-Fi.

→ Siri apenas com texto

Uma nova funcionalidade é a possibilidade de usar a Siri sem a necessidade de falar nada. A função Digitar com a Siri permite que você digite o que quer dizer a ela, o que é ótimo em lugares que você não pode ficar falando alto.

→ Suporte a arquivos .flac

Amantes de bom áudio ficarão felizes de saber que o iOS 11 terá suporte a arquivos de áudio em formato .flac, que possuem baixa compressão, mantendo a qualidade alta.

→ A volta da Chamada de Emergência

Nos betas iniciais do iOS 10.2 tinha aparecido uma funcionalidade para chamadas de emergência no iPhone (veja detalhes e vídeo aqui), mas depois isso foi apenas aplicado em aparelhos da Índia. Agora, o primeiro beta do iOS 11 traz também a função, remodelada. Ao clicar 5 vezes no botão de repouso do iPhone, uma tela aparece com a possibilidade de realizar uma chamada de emergência ou verificar a ficha médica do proprietário, caso ele tenha registrado uma no sistema. Não sabemos se isso continuará assim para todos até a versão final.

→ Possibilidade de desligar o aparelho nos Ajustes

Se você tem problemas com seu botão físico para desligar o iPhone, a Apple irá lhe ajudar no iOS 11. Nos Ajustes há uma opção para desligar o aparelho via software.

→ Volume em vídeos

Outra coisa que muitos pediam é uma maneira de que não apareça sobre um vídeo o controle ao se alterar o volume. Agora, ele fica mais discreto no canto da tela.

Há muitas novidades nesse iOS 11, que traremos a vocês assim que conseguirmos reunir. Acompanhe o blog e fique por dentro de tudo o que mudará no seu iPhone, iPad e iPod touch.

Fonte: Blog do Iphone

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.