Header Ads

#
Novidades
recent

IOS 10, Phone 7, iPhone 7 Plus e AirPods (fones sem fio da Apple)


De acordo com as expectativas, a Apple anunciou hoje a sua nova geração de iPhones. Os iPhones 7 e 7 Plus foram concebidos com todos os atributos que vimos em rumores nas últimas semanas e preservando os principais conceitos de design da geração anterior, sendo o principal destaque o seu novo acabamento, chamado pela empresa de Jet Black (um preto brilhoso, como no Mac Pro).
iPhone 7 Plus jet black inclinado de costas em fundo preto
O novo design, com antenas integradas ao próprio gabinete do aparelho (eliminando parte das linhas superficiais nas cores mais escuras) é apenas a primeira das dez principais novidades da nova geração. Em segundo lugar, o botão de Início (Home Button) foi redesenhado, deixando de lado a engenharia mecânica usada desde 2007 para se basear no Taptic Engine, que tornou-se padrão nos MacBooks e no Apple Watch — além de habilitar o 3D Touch dos iPhones 6s e 6s Plus.
iPhone 7 Plus jet black de costas e iPhone 7 jet black de frente
Os novos iPhones também são resistentes a água e poeira. O interior dos aparelhos agora está muito mais protegido, com classificação IP67.

Novas câmeras

Quanto as câmeras, o iPhone 7 possui um novo sistema de quatro LEDs (flash), baseado em lentes de seis elementos e sensor de alta velocidade, com estabilização óptica em todos os modelos. Possui uma abertura 50% maior para luz do que a geração anterior e um novo processador de imagem, que habilita novas funções digitais.
O novo software executa uma leitura de cena e analisa tudo para definir exposição, foco, balanço de branco, captura de ampla gama de cores, mapa de tons, redução de ruídos, combinação de múltiplas imagens, etc. No total, são mais de 100 bilhões de operações realizadas ao bater uma foto, em meros 25 milissegundos — sem contar o que o sistema operacional executa depois no início do pós-processamento, para categorização e outras tarefas.
Segundo a Apple, os benefícios do novo sistema de câmeras serão melhor percebidos em fotos de pouca luz. Além disso, desenvolvedores podem explorá-lo através dos seus próprios aplicativos.
Para o iPhone 7 Plus, o sistema de câmeras conta com duas lentes: uma grande angular e outra telefoto. A ideia das duas lentes é oferecer zoom em imagens, de maneira similar ao funcionamento de uma câmera DSLR.
iPhone 7 Plus preto de frente e de costas
Para o usuário, as coisas funcionam no mesmo app de câmera que já conhecemos. Mas com esse sistema duplo, é possível ampliar o zoom ótico para até 2 vezes sem uso de software. Também é possível ampliar para até 10 vezes, combinando hardware e software. Por meio de combinações entre o hardware e o software do aparelho, também é possível capturar fotos com efeitos de profundidade, sem perda de fidelidade. Para um celular, isso nunca havia sido implementado antes!
Na parte frontal, todos os aparelhos possuem uma nova câmera FaceTime HD de 7 megapixels, com maior captura de cor e estabilização de imagem.

Retina HD Display

Família de iPhones 7 Plus, 7 e SE
Foram feitas algumas melhorias na tela dos novos aparelhos, com aumento de 25% no brilho e alcance do que a Apple chama de “qualidade de cinema”. Isso também pode ser explorado em aplicativos, a exemplo do Instagram, demonstrado em palco pelos seus desenvolvedores.

Áudio

A princípio, a Apple aumentou a qualidade de som dos alto-falantes, que agora permitem som estéreo. EarPods continuarão sendo fornecidos, mas agora, eles não serão mais baseados no conector de 3,5mm. Conforme mencionado em imagens prévias, ele foi removido, em prol do uso do conector Lightning.
Haverá um adaptador fornecido gratuitamente em todos os iPhones para usuários de fones de ouvido convencionais (coloque mais esse na lista dos trocentos que a Apple faz). Embora a empresa defenda as necessidades técnicas de habilitar novas tecnologias e favorecer uso de recursos sem fio, críticos reprovam a medida, não apenas sob o ponto de vista de popularidade dos recursos analógicos, mas também sobre o uso de software DRM1 nas transmissões de áudio digitais.
AIRPODS
Falando em recursos sem fio, a Apple criou um par de fones sem fio com o seu próprio sistema de conectividade. Os EarPods não deixaram de existir, mas a Apple venderá separadamente os seus novos AirPods.
AirPods na caixinha
São fones que fazem mais do que proporcionar áudio: eles possuem uma certa inteligência, fornecida por um novo processador W1 — sim, tem um computador dentro dos fones de ouvido. Eles contam com sensores os quais reconhecem quando o fone está na sua orelha, controlam a ativação da Siri com um microfone embutido, e recorrem ao iCloud para sincronizar a configuração para todos os seus dispositivos, incluindo também Macs e iPads. É possível ainda usar apenas um dos lados, como se fosse em modo de telefone hands-free.
AirPods em cima de iPhone 7 jet black
Os AirPods possuem autonomia de 5 horas e vêm com uma case indutiva própria para recargas. Além deles, a Apple venderá outros fones de ouvidos sem fio, dentro da marca Beats, em diversos formatos e cores.

A10 Fusion

É um novo processador quad-core para todos os iPhones 7 e 7 Plus. Para indústria implementar esses chips em smartphones tem sido um desafio, pois celulares desse nível não atingem a eficiência dos iPhones atuais. Mas a Apple anuncia ter feito isso de uma maneira eficiente.
iPhones 7 Plus de costas em todas as cores
Além dos quatro núcleos de processamento, a Apple incluiu um controlador de performance que escolhe quais núcleos usar em cada caso. Dois núcleos rodam em alto desempenho para tarefas mais demandantes, enquanto outros dois são chamados de “alta eficiência”, usando 20% da energia necessária para alimentação.
No fim das contas, o usuário pode ter maior desempenho e autonomia de uso à disposição, nos casos apropriados para cada cenário. Além disso, foi alcançada uma melhoria de 50% em desempenho gráfico, que promete ser explorada ainda esse ano por jogos (como O.Z. in Broken Kingdom, demonstrado ao vivo hoje) e aplicativos como o Photoshop Lightroom, da Adobe.
Segundo a Apple, os iPhones 7/7 Plus conseguem proporcionar até duas e uma hora a mais respectivamente de bateria para tarefas comuns, quando comparados com a geração atual.

Preço e disponibilidade

O iPhone 7 estará disponível para pré-venda nesta sexta-feira (9 de setembro) e estará à venda em 16/9, a partir de US$650. As configurações começam em 32GB (aleluia!), 128GB e 256GB — estas últimas são as únicas para a cor Jet Black.
Família de cases de couro coloridas para o iPhone 7 Plus
Temos novas cases e acessórios também, é claro
Para os atuais usuários, a Apple disponibilizará o iOS 10 no dia 13 de setembro (quarta-feira que vem).
Fonte: MacMagazine


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.