Tecmundo
Caso você seja um fanático por músicas, podcasts e programas de rádio (ou qualquer conteúdo relacionado a áudio) ou simplesmente possua um smartphone ou MP3 player, são grandes as chances de que haja ao menos um fone de ouvido entre seus pertences. Disponíveis em formatos e preços bastante variados, esses acessórios nem sempre recebem o cuidado que merecem enquanto são utilizados.
Embora o senso comum seja o de que — como acontece com qualquer aparelho eletrônico —todo fone de ouvido vai parar de funcionar algum dia, há maneiras simples de adiar o momento em que isso vai acontecer. Para prolongar a vida de seu dispositivo, não é preciso recorrer a produtos caros ou a ações trabalhosas: basta seguir as dicas simples que reunimos neste artigo.

Não abuse do cabo

A parte mais sensível de seu fone de ouvido — e, justamente por isso, a que mais resulta em problemas — é o cabo. Quando for usar seu acessório, lembre-se que qualquer puxão mais forte nessa parte pode fazer com que os fios em seu interior sofram danos ou se rompam totalmente.
Mesmo que você tenha investido em um dispositivo caro com um cabo mais resistente, lembre-se que essa área nunca é tão robusta ou durável quanto você pode pensar. Detectar problemas nesse sentido geralmente é algo fácil: quem nunca teve que “girar” um cabo até um ponto determinado para ele funcionar corretamente ou testemunhou um lado do fone simplesmente “morrendo”?
Para evitar que isso aconteça, basta seguir algumas recomendações:
  • Nunca puxe o fone diretamente pelo fio para desconectá-lo — use a área resistente próxima ao conector, pois ela serve justamente para isso
  • Caso esteja em um ambiente público, tome cuidado contra puxões — engatar o cabo em algum lugar por acidente pode decretar a morte de seu fone
  • Da mesma forma, em ambientes internos, não é uma boa ideia deixar o cabo solto e permitir que as rodas de uma cadeira passem por cima dele, por exemplo
  • Cheque o conector periodicamente para ver se não há desgastes que podem causar curtos com seu aparelho de som ou reprodutor portátil
Uma área que gera certa discordância em relação aos audiófilos é a maneira certa de enrolar os cabos de seu fone de ouvido quando ele não está sendo utilizado. Pela internet, você encontra vários métodos com eficácias e técnicas variadas, mas que conservam um elemento — quanto menos enrolado seu cabo estiver, maiores as chances de que ele não vá sofrer danos.

Embora o ideal seja que você nunca enrole ou dobre o cabo de seu fone de ouvido de qualquer forma, sabemos que na prática isso não é possível — especialmente se você os utiliza fora de casa. No vídeo acima (produzido pelo site Lifehacker), você confere algumas das soluções mais comuns e práticas que você pode incorporar em seu cotidiano para preservar a segurança de seu acessório.

Desenvolva hábitos de limpeza

Mesmo que você tenha hábitos de limpeza pessoais impecáveis, fato é que o mero ato de usar fones de ouvido já os expõe à sujeira. O suor natural do corpo e a cera produzida pelo ouvido afetam tanto o aspecto estético quanto o desempenho de seu acessório, então é uma boa ideia investir na manutenção periódica deles.
Não é preciso dizer que a combinação de componentes eletrônicos e água pode trazer resultados desastrosos, então não pense em dar um “banho” em seu dispositivo. Para conservá-lo em ordem, você vai precisar de alguns itens simples:
  • Um pequeno prato com uma mistura de um pouco de água e detergente
  • Um pano macio
  • Uma escova de dentes macia
  • Uma pequena toalha
Assim que você tiver os itens necessários, molhe levemente o pano com a mistura de água e detergente. Se possível, remova componentes como adaptadores auriculares, almofadas e conectores — além de isso permitir uma limpeza mais completa desses componentes, tal decisão evita que os componentes elétricos do fone entrem em contato com a água.
Para limpar as almofadas e as saídas de som, as esfregue gentilmente usando o pano úmido (quanto mais seco ele estiver, melhor). Caso você se confronte com resíduos mais resistentes, use a escova de dentes seca para removê-los (termine a limpeza com o pano). Depois de tudo estar devidamente limpo, deixe seu fone de ouvido repousando sobre a toalha durante algum tempo até que todos os itens estejam secos.
Aqueles que não desejam usar um pano podem substituí-lo por lenços úmidos, que também se mostram uma solução viável. Caso você use fones que possuem proteções em silicone, as remova e realize sua limpeza de forma separada — o mesmo pode ser dito de cabos removíveis, embora eles não costumem sujar tanto. Naturalmente, seu foco durante todo o processo deve ser cuidar de partes que entram em contato direto com seus ouvidos e com seu rosto.
Antes de realizar a limpeza de seu fone, vale prestar atenção ao que o manual de uso ou o site da fabricante diz a esse respeito. A Bose, por exemplo, recomenda o uso de peróxido de hidrogênio ou uma combinação de sabão e água para a limpeza de seus produtos. Já a Beats recomenda que você sempre use o pano que acompanha seus produtos para eliminar qualquer oleosidade ou poeira que tiver se acumulado sobre eles.

Guarde seu fone de maneira adequada

Assim como você não deixa seu smartphone jogado no chão de casa (ao menos esperamos que não faça isso), seus fones de ouvido também merecem certo cuidado na hora de guardá-los. O ideal é que você mantenha seu acessório em um lugar limpo e seco, de preferência dentro da caixa ou sacola de proteção oferecida pela fabricante.
Também evite expor seu acessório a temperaturas extremas ou diretamente à luz do Sol durante muito tempo — deixar o aparelho dentro do carro em um dia especialmente quente nunca é uma boa ideia. Caso seu dispositivo possa ser dobrado, preste atenção às instruções fornecidas pela fabricante para garantir que você está fazendo isso de maneira adequada (o que vai evitar danos em componentes sensíveis).
O ideal é que você evite tomar atitudes como guardar seus fones de ouvido enrolados dentro do bolso de sua calça ou deixá-los jogados no fundo da mochila sob uma pilha de livros. Até mesmo conselhos comuns, como usar seu celular ou MP3 Player como base na qual seu dispositivo vai ficar enrolado, devem ser evitados, visto que isso pode gerar uma tensão inadequada sobre os cabos.

Dicas adicionais

Ao seguir as dicas apresentadas acima, você já garante uma experiência de uso prolongada para seu fone de ouvido. Vale notar, no entanto, que essas não são as únicas formas de aumentar a vida útil de seu acessório — embora muitas das demais opções sejam bastante específicas quanto a modelos ou materiais de fabricação.
Caso você queira tirar o máximo possível de seu fone de ouvido, tente seguir os seguintes conselhos:
  • Procure usar fones com tamanho adequado a seu ouvido (algo especialmente importante em modelos intra-auriculares) — o que que afeta bastante a qualidade do som obtido
  • Use acessórios de qualidade e dê preferência àqueles fornecidos pela própria fabricante
  • Evite escutar músicas em volume muito intenso: além de preservar sua saúde, isso evita desgastes desnecessários em fones de baixa ou média qualidade de fabricação
E você, como costuma cuidar de seus fones de ouvido? Costuma seguir recomendações de fabricantes e realiza limpezas periódicas em seu acessório? Registre sua opinião sobre o assunto em nossa seção de comentários e aproveite para compartilhar seus métodos pessoais em nossa seção de comentários.