Novidades
recent

Nutrólogas dizem como resistir ao açúcar e indicam opções saudáveis

SAIBA COMO DRIBLAR A VONTADE DO AÇÚCAR, UM DOS GRANDES VILÕES DA ALIMENTAÇÃO  (Foto: Thinkstock)

Além de engordar, o açúcar pode, segundo novas pesquisas, elevar a pressão arterial ainda mais do que o sal. Saiba como driblar a vontade, qual a quantidade que você pode ingerir e os melhores tipos


Nunca se consumiu tanto açúcar no mundo quanto agora. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em 1930 um brasileiro ingeria 15 kg de alimentos açucarados por ano. Hoje, esse número é quase quatro vezes maior: 50 kg por habitante. Nos Estados Unidos, o quadro é ainda mais preocupante: são 70 kg.

Cientistas norte-americanos acabam de comprovar que o açúcar em excesso, além de causar obesidade e diabetes, também é um dos grandes responsáveis pelo aumento da pressão arterial - posto que antes era atribuído principalmente ao sal. No estudo, divulgado no American Journal of Cardiology, os resultados indicam que o ingrediente afeta o hipotálamo, provocando taquicardia e elevação da pressão. Com isso, aumentam (e muito) os riscos de ataques do coração, AVCs e lesões nos rins, entre vários outros problemas graves.
“Hoje, consumimos o açúcar do pior jeito possível. São enormes quantidades de bebidas açucaradas e industrializadas. Ele está presente em sucos, cafés, drinques e até em alimentos em que nem sentimos o gosto doce, como pizza, pães e molhos”, afirma a nutróloga Norma Leite, de Aracaju (SE). “É uma caloria vazia, principalmente no açúcar refinado”, completa a nutróloga Liliane Oppermann, de São Paulo.
DRIBLANDO A VONTADE
Na prática, é difícil deixar de lado a sobremesa ou resistir àquele chocolate no meio da tarde. Na primeira medida para se manter longe das tentações é equilibrar as refeições com proteínas, carboidratos e vegetais, para que não exista uma oscilação nos níveis de insulina, o que aumenta a vontade de comer doces. “Comer frutas antes da refeição ajuda. Pode ser uma fatia de melão, meio mamão ou uma banana pequena. A frutose vai promover a hidratação, enganando o desejo por açúcar”, ensina Liliane.

VILÃO ATÉ A PÁGINA 2
Embora traga muitos malefícios, um pouco de açúcar é saudável - mas só um pouco. “Nós precisamos da glicose. Ela é fonte de energia”, diz Liliane. Praticantes de atividades de alta intensidade, como grandes maratonas, precisam da substância para ativar o trabalho da musculatura.“O açúcar também é utilizado na formulação de sais de reidratação industrializados e também na preparação do soro caseiro. Para essas funções, é bastante benéfico”, completa Norma.
BOAS ESCOLHAS
Importante é não exagerar. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a quantidade máxima de açúcar indicada por dia é de seis colheres de chá. Para adoçar sucos, bolos e cafés, opte pelos escuros, como o mascavo e o demerara. Por serem menos processados, conseguem preservar vitaminas e minerais perdidos no refinamento. Entre os adoçantes, fique com o stévia ou a sucralose, menos calóricos. “Mas atenção: não dá para consumi-los livremente. Eles fazem a glicemia subir e também engordam”, avisa Norma Leite.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.